Município executa o maior cronograma de obras de mobilidade urbana da história de Mucuri.

380

- Publicidade -

Com aproximadamente 50 mil habitantes, com 252 anos de independência política, com um território de 1.775 km², ocupando a 7ª maior área territorial entre os 21 municípios da região extremo sul da Bahia, Mucuri, além da sua cidade/sede, possui 3 distritos: Itabatã, Taquarinha e Ibiranhém. São 9 povoados: Belo Cruzeiro, São Jorge, 31 de Março “Divisa”, Cruzelândia, Nova Brasília, Oliveira Costa, Campo Formoso e os balneários de Costa Dourada e Praia Dois, além de 4 povoamentos surgidos de assentamentos agrários: Paulo Freire, Jequitibá, Lagoa Bonita e Zumbi dos Palmares “Fazenda Esperança” e mais 54 comunidades rurais.

A sede do município fica estabelecida à beira do Oceano Atlântico e às margens do cruzamento da BA-698 com a BA-001 e o seu território é cortado de norte a sul pela rodovia federal BR-101 e o seu extremo oeste é cortado pela rodovia federal BR-418. O município passa atualmente por uma transformação urbana em razão da execução de inúmeras obras públicas em favor da sua mobilidade urbana. Além da instalação da rede de energia elétrica em várias comunidades do interior do município e no bairro 1º de Maio em Mucuri, estão ocorrendo reforma, revitalização e ampliação de 34 escolas públicas e, sobretudo, a Prefeitura Municipal está executando atualmente 9 grandes obras públicas de mobilidade urbana perfazendo um investimento de recursos próprios no valor de R$ 20 milhões.

Asfaltamento de Ruas

Segundo o prefeito Roberto Carlos Figueiredo Costa, “Robertinho” (UB), o asfalto dessa primeira etapa, vai proporcionar mais evolução urbana, conforto e segurança para todos que trafegam pelos roteiros beneficiados e mudará completamente a dinâmica da cidade, garantindo o desenvolvimento, progresso, conforto e segurança para todos, além da valorização dos empreendimentos localizados nas ruas, praças e avenidas, cujas obras somam um valor de R$ 10.652.945,67 de investimentos. O prefeito Robertinho, lembra que as ações estão sendo realizadas com recursos próprios do município e integram um plano de recomposição de várias vias públicas da cidade, inclusive com a implantação de redes de drenagem, obras de macrodrenagem, instalação de caixas secas e requalificação de ruas.

Estas ruas que estão sendo asfaltadas, como: Avenida Central, Rua Belo Horizonte, Rua Oscar Teixeira Siqueira, Rua Diamantina, Rua Santarém, Rua Juscelino Kubitscheck, Rua Nova Viçosa, Rua Raul Gazzinelli, Rua Paquetá, Rua Ilhéus, Rua São José, Rua Jovita Fontes, Rua Pedreira Franco, Rua Severino Vieira, Rua Rui Barbosa, Almenara, alamedas, travessas, canteiros e praças, estão inclusas no primeiro lote de obras, planejado com dedicação absoluta para atender as necessidades de cada localidade do município. Já o segundo lote, atenderá ruas e avenidas do distrito de Itabatã, especialmente o bairro Cidade Nova, onde recentemente recebeu obras de esgotamento sanitário. As obras de asfaltamento fazem parte do projeto de revitalização e modernização da cidade, paralelo ao sistema inteligente de iluminação por painéis de LED que está embelezando e resgatando a segurança do município de Mucuri, e levando iluminamento público a todas às comunidades nunca antes iluminada.

Escola com Quadra

Em Cruzelândia, povoado distante a 74 quilômetros de Mucuri/Sede, o município está construindo novas salas de aula, muro, quadra poliesportiva e revitalização total da tradicional estrutura física da Escola Municipal Gustavo Antunes Saúde, com investimentos do próprio município na ordem de R$ 660.269,74. O novo projeto prevê mais 8 salas e passará a ter 16 salas de aula nos dois prédios, 1 biblioteca, 3 banheiros novos estão sendo construídos, dois deles, um em cada anexo, com acessibilidade para cadeirantes. Além disso, a reforma envolve a revisão e instalações hidrossanitárias, melhoramento das instalações elétricas, revisão da cobertura (incluindo tramas, telhas, calhas, rufos e afins).

O prédio antigo da Escola Municipal Gustavo Antunes Saúde, onde funcionava uma extensão da Escola Municipal, também está sendo reformado, e a ampliação da estrutura oferecerá maior conforto e dignidade para o alunado e profissionais. A Quadra Poliesportiva da Escola Gustavo Antunes Saúde segue o padrão das quadras de grande porte, com 622m², com vestiários feminino e masculino, piso e acessibilidade, que representa a modernidade chegando para os alunos e desportistas do povoado, afinal, a estrutura comportará os jogos de diversas modalidades. Para o prefeito Robertinho, com a quadra poliesportiva, a população vai ganhar uma opção de qualidade, tanto para o esporte quanto para as atividades culturais e religiosas da comunidade.

Requalificação da Avenida ES

A Prefeitura Municipal de Mucuri está investindo recursos da ordem de R$ 3.648.770,43 em obras de requalificação da pavimentação da Avenida Espírito Santo, no distrito de Itabatã. A via tem três quilômetros de extensão e todo seu calçamento está sendo recuperado, retirando todo bloquete danificado, despedaçado, triturado pelo desgaste do tempo e substituindo com os novos blocos sextavados. A Espírito Santo é a mais longa avenida do município de Mucuri com 1.760 metros de extensa pavimentação e com mão dupla. Os outros 1.240 metros ainda sem pavimentação estão recebendo obras de drenagem.

O secretário Municipal de Obras, Planejamento e Serviços Urbanos de Mucuri, o engenheiro civil Victor Augusto Souza Santos, explica que no local o município está fazendo a repavimentação que já estava com bloquetes soltos e afundamentos que atrapalhavam a locomoção. A base está sendo refeita com material mais forte e resistente e o piso compactado para a colocação dos bloquetes. A requalificação vai proporcionar melhor tráfego de motoristas, pedestres e, principalmente, para os ciclistas, especialmente, quando o asfaltamento chegar.

No distrito de Itabatã, a Prefeitura Municipal de Mucuri, executa ainda outras ações de infraestrutura, recuperando vários trechos do calçamento em seus bairros, instalando caixas secas em pontos estratégicos, recuperando pontos de drenagem, nivelando ruas e substituindo bloquetes em vários pontos do calçamento do distrito, especialmente em ruas onde o asfalto será aplicado. As obras citadas, como a requalificação da pavimentação e revitalização do paisagismo da Avenida Espírito Santo em Itabatã, estão sendo realizadas com recursos próprios do município de Mucuri.

Rede de Drenagem

A Prefeitura Municipal de Mucuri está investindo recursos da ordem de R$ 1.793.769,84 em obras de macrodrenagem e rede de drenagem a partir da Avenida Espírito Santo, no distrito de Itabatã. A Espírito Santo é a mais longa avenida do município de Mucuri com 1.760 metros de pavimentação com mão dupla. Os outros 1.240 metros ainda sem pavimentação estão recebendo obras de drenagem das águas pluviais por meio da implantação de manilhas ou aduelas de concreto para a retenção e direcionamento das águas das chuvas.

O engenheiro civil Silvestre Costa, da Auto Via Engenharia, empresa responsável pela obra, informou que somente o sistema de drenagem em implantação na Avenida Espírito Santo, que servirá de rede coletora de vários outros pontos, mede 2.100 metros de extensão. Na mesma Avenida Espírito Santo, já na zona norte do distrito de Itabatã, a Prefeitura de Mucuri avança com as obras de drenagem das águas pluviais por meio da implantação de manilhas de retenção das correntes com o objetivo de direcionar as águas pluviais que descem dos bairros Gazinelândia, Jardim Madureira, Triângulo Leal e vários outros pontos da zona norte do distrito, melhorando a qualidade de vida das famílias, promovendo o aumento da segurança, diminuindo o mau cheiro e reduzindo a incidência de insetos e animais peçonhentos e, sobretudo, preparando a região para receber a sua tão sonhada pavimentação.

Mercado Municipal de Mucuri

A Prefeitura Municipal está reconstruindo o Mercado Municipal de Feira Livre da cidade de Mucuri e as obras estão bastante adiantadas. A obra está sendo tocada com recursos próprios do município e o investimento já está sendo na ordem de R$ 821.097,23 na reconstrução do Mercado de Mucuri. “Mucuri é uma cidade turística e merecia ter um Mercado Público com infraestrutura mais moderna e adequada”, disse o prefeito.

“Estamos avançando com os trabalhos de reconstrução, requalificação e adequação do Mercado Municipal de Mucuri/Sede, com o objetivo de expor diferentes concepções urbanísticas relacionadas aos mercados de feira livre contemporânea. São duas obras que estão sendo executadas com recursos do próprio município, numa requalificação que traz mais conforto e comodidade para os comerciantes e os clientes dos dois mercados”, acrescentou o prefeito Robertinho.

Mercado Municipal de Itabatã

No distrito de Itabatã, a Prefeitura Municipal também está reconstruindo o Mercado Municipal de Feira Livre, cujo investimento é de R$ R$ 998.081,01. A obra está ganhando arquitetura moderna, com expressões e concepções urbanísticas alternativas para que passem a ser alvos de políticas públicas voltadas também para o turismo de compras. “Itabatã é o nosso maior centro urbano e precisava melhor acolher a nossa população, bem como os nossos visitantes”, enfatizou o prefeito Robertinho.

Os dois mercados tinham sido construídos em 2002, na segunda gestão do prefeito Robertinho. Mas 16 anos depois, em 2018, o então prefeito José Carlos Simões (PSD) derrubou as duas estruturas na promessa que iria reconstruí-las, mas além de abandoná-las, deixou os feirantes comercializando seus produtos a céu aberto, tendo que usar vias públicas sem nenhuma estrutura de boxes e sanitários.

Terminal Rodoviário de Itabatã

Atualmente o município de Mucuri está promovendo um investimento com recursos próprios no valor de R$ 984. 440, 78 nas obras de revitalização e ampliação do Terminal Rodoviário do distrito de Itabatã. Conforme explicou o secretário Municipal de Obras, Planejamento e Serviços Urbanos de Mucuri, o engenheiro civil Victor Augusto, a obra de revitalização da Estação Rodoviária de Itabatã contará com novo piso e cobertura, adequação dos banheiros, sistemas elétricos e hidráulicos, correções em toda sua estrutura física, plataformas e abrigo para ponto de taxi.

No local ainda existe um projeto em andamento da construção de um trevo na BR-101 de acesso ao perímetro urbano do distrito. O prefeito Robertinho, informou que essa é a primeira reforma desde sua inauguração, que aconteceu há mais de 30 anos. “Itabatã tem uma capacidade natural para o crescimento e um enorme potencial econômico, merece ter uma Estação Rodoviária descente, com uma melhor estrutura, com controle de passageiros, mais moderna e que de fato atenda com o devido conforto os seus usuários”, enalteceu o prefeito Robertinho.

Clínica de Fisioterapia – Mucuri

A Prefeitura Municipal de Mucuri está executando obras de reforma de edificação em um prédio na Avenida Nova Viçosa na cidade de Mucuri, onde será implantada uma Clínica Municipal de Fisioterapia e o valor investido é de R$ 137.916,78 somente na obra de reforma da edificação. Este é o primeiro espaço dedicado e exclusivo para o atendimento fisioterapêutico, prestado pelo município. Antes os pacientes precisavam se deslocar para outras cidades em busca do serviço ou pagar no mercado de saúde particular para se conseguir acesso a serviços ligados à fisioterapia motora, pós-operatória, neurológica e respiratória.

O secretário de obras Victor Augusto orientando a equipe das obras da Clínica de Fisioterapia de Mucuri.

Segundo o secretário de obras Victor Augusto, os usuários do serviço encontrarão um espaço moderno, confortável e bem localizado, o que garantirá um melhor atendimento à população, inclusive com espaços físicos divididos em: recepção, ginásio, triagem, clínica fisio, sala de eletroterapia, consultório, sala de pediatria, sala de reabilitação físico-monta, salas terapêuticas, banheiros adaptados, copa e vários outros espaços. Em passado recente, algumas administrações contratavam os serviços por meio de empresas prestadoras. Agora o município vai ter a sua própria Clinica de Fisioterapia, aliás, serão duas unidades, uma em Mucuri/sede e outra no distrito de Itabatã.

Clínica de Fisioterapia – Itabatã

No distrito de Itabatã, o município também está implantando a sua própria Clínica de Fisioterapia, e o investimento da requalificação do prédio está sendo no valor de R$ 100.500,38. A estrutura física está passando por readequação total, com obras que estão qualificando o local com os devidos preceitos arquitetônicos para que a unidade possa acolher toda a estrutura da Clínica Municipal de Fisioterapia. Cada Clínica de Fisioterapia contará com uma equipe especializada de médicos, enfermeiros e fisioterapeutas, instalações amplas e instrumentos modernos, além de uma academia de fisioterapia com todo equipamento necessário para realizar os tratamentos.

O prefeito Robertinho, disse que o objetivo de construir as próprias Clínicas de Fisioterapia do Município de Mucuri é abranger as demandas e criar um espaço funcional e confortável para pessoas em processo de reabilitação. Com base em três tópicos principais: saúde, educação e lazer, o projeto buscará se aliar a criação de uma integração do paciente e proporcionar ambientes acessíveis e visualmente bonitos. “A finalidade do projeto das clínicas é propor a construção de um local com humanização do espaço, flexibilidade e versatilidade, para a melhor cura do paciente”, concluiu Robertinho.

PREFEITURA DE MUCURI