Prefeitura de Mucuri e CERB implantam 7 novos sistemas de abastecimento de água para 4 mil famílias no interior do Município

323

- Publicidade -

Várias comunidades rurais e povoados do município de Mucuri estão sendo contempladas com sistemas de abastecimento de água por meio de poços artesianos perfurados na própria localidade beneficiada, são sistemas de distribuição de água potável que chegam trazendo uma melhoria significativa na produção agrícola, na qualidade de vida dos pequenos produtores do município e da população dos povoamentos. Muitas dessas unidades estão executadas com recursos próprios do município e outras estão sendo construídas em parceria da Prefeitura de Mucuri com o Governo do Estado, por meio da CERB – Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento do estado da Bahia).

Sistema de distribuição de água do povoado 31 de Março, “Divisa”.

Agora em maio, foram finalizadas as perfurações de novos poços artesianos de 100 e 112 metros de profundidade. Essas estruturas fazem parte do Sistema Simplificado de Abastecimento de Água e 7 unidades com poços artesianos jorrando água potável foram entregues às comunidades, sendo que destes, 3 poços construídos com recursos próprios e outros 4 em parceria com a CERB.

Sistema de água do Balneário de Costa Dourada (Comunidade Rio do Sul, Camata).

O prefeito Roberto Carlos Figueiredo Costa, o “Robertinho” (UB), explica que a abertura de poços artesianos é uma demanda de muitas comunidades rurais e entendendo a necessidade da população, a gestão tem se empenhado na busca de alternativas para que esse tipo de benefício chegue em todos os povoamentos em demanda e nas comunidades mais distantes, suprindo assim as carências do município de Mucuri, que são reivindicações antigas desses moradores.

 Sistema de água do Assentamento Boa Esperança “Zumbi dos Palmares”.

O secretário Municipal de Obras, Planejamento e Serviços Urbanos de Mucuri, o engenheiro civil Victor Augusto Souza Santos, explica que a captação de água é feita por meio de um manancial superficial flutuante através de um poço tubular perfurado pela CERB, companhia vinculada à Secretaria Estadual de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS). O empreendimento é composto ainda de estação de tratamento de água com leito de adensamento e secagem; casa de química; reservatórios rede de distribuição e ligações domiciliares em todas as localidades em que foram instalados, como por exemplo, o povoado de 31 de Março “Divisa” e São Jorge; a comunidade rural do Camata, na região do balneário da Costa Dourada; assentamento de reforma agrária Zumbi dos Palmares e também no assentamento de reforma agrária Jequitibá.

Sistema de água do Assentamento Jequitibá – núcleo 4