Prefeitura de Mucuri avança com requalificação da ES e deflagra as obras da Avenida Brasil em Itabatã

243

- Publicidade -

A Prefeitura de Mucuri que vem revitalizando e requalificando a rede pluvial e a pavimentação da Avenida Espírito Santo, no distrito de Itabatã, ampliou o serviço também com obras de construção do calçamento de um trecho de mão dupla na mesma avenida, inclusive com o plantio de palmeiras imperiais, na zona sul do distrito, medindo 300 metros de extensão, trecho que compreende da Churrascaria Junata até o Rio Água Boa, no trevo de acesso ao Hospital Paineiras.

O local nunca antes havia sido pavimentado, que agora ganhou obras de drenagem pluvial, piso compactado para a colocação dos bloquetes e está ganhando o seu primeiro calçamento. Além da Avenida Espírito Santo que está sendo requalificada de uma ponta à outra, o município começou também as obras de pavimentação da Avenida Brasil, do outro lado da BR-101, pois a finalidade da gestão municipal é urbanizar as duas avenidas nas laterais da Rodovia em Itabatã e construir dois trevos nas suas margens.

O secretário Municipal de Obras, Planejamento e Serviços Urbanos de Mucuri, o engenheiro civil Victor Augusto Souza Santos, explica que o município de Mucuri tem avançado bastante com as obras de requalificação da Avenida Espírito Santo, por toda extensão da lateral da BR-101, no distrito de Itabatã. E que a via tem três quilômetros de extensão, com mão dupla e em área habitada. E trata-se da mais longa avenida do município de Mucuri com 1.760 metros de extensa pavimentação e com mão dupla.

O secretário de Obras Victor Augusto monitorando trecho das obras na Avenida Espírito Santo.

O secretário Victor Augusto informa também que os outros 1.240 metros ainda sem pavimentação estão recebendo obras de drenagem das águas pluviais por meio da implantação de manilhas ou aduelas de concreto para a retenção e direcionamento das águas das chuvas e, também haverá ampliação do seu calçamento. A parte maior da Avenida Espírito Santo sem pavimentação é a sua ponta norte, com 940 metros.

Já a parte central onde o calçamento está sendo requalificado, o município está retirando todo bloquete danificado, despedaçado, triturado pelo desgaste do tempo e substituindo com os novos blocos sextavados, onde também, está sendo construída a calçada com todos os seus preceitos exigidos de acessibilidade e mobilidade urbana. Rampas também foram construídas ligando a BR-101 com a Avenida Espírito Santo e o serviço de jardinagem segue paralelo às obras de drenagem e pavimentação.

Conforme o prefeito Roberto Carlos Figueiredo Costa, o “Robertinho” (UB), toda e qualquer obra do seu governo é adaptada a acessibilidade e o objetivo é resgatar a Avenida Espírito Santo como ponto de visitação e contribuir para o plano de requalificação da região central de Itabatã. “As pessoas com mobilidade reduzida precisam ter condições de circular tranquilamente por uma cidade ou por qualquer outro local. Por isso, as calçadas com acessibilidade são fundamentais para que esse deslocamento seja feito de forma segura, garantindo o direito de circulação de toda e qualquer pessoa”.

E acrescentou: “O intuito principal da calçada com acessibilidade é possibilitar o acesso de pessoas com deficiência a determinados locais públicos e privados, de forma segura e autônoma. Talvez você esteja acostumado a vê-las nos arredores de bancos ou prédios públicos, no entanto, é necessário que mais locais estejam adaptados para receber esse público, possibilitando a locomoção de forma completa pela cidade, especialmente nos logradouros públicos”, enfatizou o prefeito Robertinho.

Além das obras de recuperação da pavimentação da Avenida Espírito Santo, onde o município está promovendo um investimento na ordem de R$ 3.648.770,43 com recursos próprios –, a Prefeitura Municipal de Mucuri, executa também outras ações de infraestrutura no distrito de Itabatã, recuperando vários trechos do calçamento em seus bairros, instalando caixas secas em pontos estratégicos, recuperando pontos de drenagem, nivelando ruas e substituindo bloquetes em vários pontos do calçamento do distrito, especialmente em ruas onde o asfalto vai passar.

Na mesma Avenida Espírito Santo, já na zona norte do distrito de Itabatã, a Prefeitura de Mucuri avança com as obras de drenagem das águas pluviais por meio da implantação de manilhas ou aduelas de concreto para a retenção e direcionamento das águas das chuvas. A obra também está sendo realizada com recursos próprios do município de Mucuri, cujo investimento é na ordem de R$ 1.793.769,84.

PREFEITURA DE MCURURI