Temporal em Salvador: sirenes de evacuação voltam a ser acionadas e capital enfrenta transtornos.

329

- Publicidade -

O temporal que atinge Salvador desde o último sábado (16) segue nesta quarta-feira (20). Por causa da intensidade da chuva, sirenes de evacuação voltaram a ser acionadas no início desta manhã, desta vez, no bairro de Sete de Abril, na localidade de Bosque Real.

 

Outras sirenes instaladas em áreas de risco também podem soar a qualquer momento, caso haja necessidade. Até esta quarta, nove delas alarmaram nos seguintes pontos:

  • Capelinha, na região da Vila Picasso;

  • Lobato, na localidade Voluntários da Pátria;

  • Bom Juá, próximo ao Calabetão;

  • São Caetano, na Baixa do Cacau;

  • Alto da Terezinha, na comunidade de Mamede (acionada duas vezes);

  • Castelo Branco, na região do Mamede;

  • Calabetão;

  • Sete de Abril, na localidade de Bosque Real.

 

A chuva é causada por uma frente fria, oriunda da região sudoeste, e deve permanecer, ao menos, até a próxima quinta-feira (21) em Salvador e outras cidades baianas, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Nesta quarta, as temperaturas variam entre 24º e 26º na capital e também há alerta de ventania.

Nesta manhã, vários pontos de Salvador estão alagados, nos bairros da Calçada, Boa Viagem, Caminho de Areia, Mares, Roma, Pituba, Pernambués, Costa Azul, Itapuã, Rio Vermelho Vila Ruy Barbosa, Brotas, Paripe, Fazenda Coutos, Periperi, Novo Marotinho e Bom Juá. A Ligação Iguatemi-Paralela (LIP), uma das principais vias da cidade, foi totalmente tomada pela água da chuva.

Temporal derruba outdoor em Salvador

Os ventos fortes e a chuva derrubaram um outdoor na Avenida Mário Leal Ferreira, mais conhecida como Bonocô. A estrutura impediu o acesso de pedestres à passarela de uma estação do metrô. O local foi interditado e ainda não há previsão de quando o outdoor será retirado.

Queda de outdoor foi causada pelo temporal em Salvador — Foto: Camila Oliveira/TV Bahia

Por causa da chuva que deixa a pista molhada, o trânsito está congestionado nas Rua Nilo Peçanha e nas avenidas Vasco da Gama, ACM, Luís Viana Filho (Paralela), San Martin, Barros Reis, Caminho de Areia, que está parcialmente interditada, depois que o asfalto cedeu na noite de terça-feira (19), e formou uma cratera no local.

Cratera é aberta no Caminho de Areia, em Salvador

Um ônibus, que passava pela via quando o asfalto cedeu, ficou preso no buraco. Duas vias foram interditadas. Um guincho foi encaminhado ao local e retirou o coletivo por volta das 20h, mas a cratera segue aberta nesta manhã.

Ônibus preso em cratera após asfalto ceder na Cidade Baixa, em Salvador — Foto: Redes Sociais

No bairro do Pero Vaz, uma árvore caiu em frente a uma escola pública estadual na 5ª Travessa Vítor Serra. Assim como a estrutura do outdoor, a árvore caída também impede o acesso de transeuntes. Apesar disso, as atividades escolares estão mantidas, pois os alunos devem ter acesso ao colégio por outra porta, aos fundos da unidade.

Temporal derruba árvore no bairro do Pero Vaz, em Salvador

Outras quedas de árvores foram registradas nesta manhã, na Rua Almiro Maia de Almeida, no bairro do Cabula, e na Avenida Jorge Amado, no Imbuí. Não há registro de feridos, em nenhum dos casos.

Alertas e ocorrências

 

Parte de muro desaba em Monte Serrat

Parte do muro de uma residência caiu na Travessa Rio São Francisco, em Monte Serrat, na região da Cidade Baixa. A rua, que é estreita, foi tomada pelo entulho e carros trafegam com dificuldade. Moradores disseram que acordaram de madrugada com o barulho da queda e que a estrutura apresentava rachaduras. Ninguém ficou ferido.

A Defesa Civil (Codesal) está de plantão para atender demandas relacionadas à chuva. O órgão pode ser acionado a qualquer momento por meio do 199, gratuitamente. Até as 9h30 desta quarta, 126 ocorrências foram registradas. São elas:

  • Desabamento parcial: 7

  • Desabamento de muro: 6

  • Deslizamento de terra: 29

  • Ameaça de desabamento: 26

  • Ameaça de desabamento de muro: 3

  • Ameaça de deslizamento: 21

  • Árvore caída: 3

  • Árvore ameaçando cair: 1

  • Galho de árvore caído: 1

  • Avaliação de área: 1

  • Avaliação de imóvel alagado: 17

  • Infiltração: 9

  • Pista rompida: 1

  • Orientação técnica: 1

 

Cratera aberta em Caminho de Areia por causa da chuva em Salvador — Foto: Reprodução/TV Bahia
    Cratera aberta em Caminho de Areia por causa da chuva em Salvador
Árvore caiu no bairro de Pero Vaz após temporal em Salvador — Foto: Reprodução/TV Bahia
Árvore caiu no bairro de Pero Vaz após temporal em Salvador

G1 BA