Suspeito de roubar carro é linchado por moradores após atropelar pessoas e dar coronhada em homem em Salvador

204

- Publicidade -

Um homem foi linchado por moradores após roubar um carro em uma oficina e atropelar duas pessoas no bairro de Boca da Mata, em Salvador. O caso aconteceu na manhã desta quinta-feira (29).

Segundo a Polícia Militar, equipes da 3ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) foram acionadas com a informação de um homem ferido suspeito de roubo, atropelamento e agressão na Rua Vereador Zezéu Ribeiro.

Ao chegar ao local, os policiais militares encontraram duas pessoas vítimas de atropelamento atendidas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O suspeito, que foi linchado, chegou a ser socorrido pelos PMs e levado para o Hospital Municipal de Salvador (HMS), em Cajazeiras, mas não resistiu aos ferimentos.

Conforme a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), as duas vítimas atropeladas foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levadas para unidades de saúde.

Um deles é um idoso, de 64 anos, que teve uma lesão na perna esquerda, ferimentos no couro cabeludo, escoriações e traumatismo craniano. Não há informação de qual hospital ele foi levado.

Já a outra vítima atropelada é um homem de 42 anos, que teve escoriações consideradas leves. Ela foi atendida e levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Parque São Cristóvão.

Conforme informações iniciais apuradas pela PM, no momento do atropelamento, o veículo também bateu em um muro de um condomínio e, em seguida, em um poste.

Na fuga, ele tentou roubar outro carro, mas não conseguiu, deu tiros para cima e invadiu a delicatessen que fica na mesma rua. No local, agrediu um funcionário com uma coronhada.

A Polícia Militar informou que ao perceber que a arma usada pelo homem não tinha mais munição, os moradores o lincharam.

O funcionário da delicatessen, que levou as coronhadas, também foi levado para o hospital. Não há detalhes sobre o estado de saúde das três vítimas.

O policiamento foi reforçado no bairro. Policiais militares procuram os dois suspeitos que fugiram. A delicatessen suspendeu o funcionamento após a invasão ao estabelecimento.

A arma do suspeito não foi encontrada. O caso é investigado pela Polícia Civil.

G1 BA