OMS considera ‘trágico’ o balanço de mortos após surgimento da variante Ômicron.

524

- Publicidade -

Após o surgimento da variante Ômicron, meio milhão de mortes por Covid-19 foram registradas no mundo apesar da vacinação, um balanço “mais do que trágico”, lamentou na terça-feira (8) a OMS (Organização Mundial da Saúde).

“Quando todos diziam que a Ômicron era mais benigna, não percebiam que meio milhão de pessoas morreram desde que a variante foi detectada”, observou o gerente de incidentes da OMS, Abdi Mahamud.

“Na era das vacinas eficazes, meio milhão de pessoas morrem, isso é realmente algo mais do que trágico”, acrescentou, durante um encontro promovido pela organização via redes sociais.

Segundo Mahamud, foram registrados 130 milhões de casos e 500 mil mortes no mundo desde que a Ômicron foi considerada preocupante pela OMS, no fim de novembro. A Covid-19 já matou 5,75 milhões de pessoas desde dezembro de 2019, de acordo com um balanço da AFP com base em fontes oficiais.

R7.COM