Mulher é presa suspeita de acorrentar filho de 12 anos em casa no interior da Bahia

357

- Publicidade -

Uma mulher suspeita de acorrentar o filho de 12 anos foi presa em flagrante pelo crime de tortura no bairro Bambuí, em Curaçá, município do norte da Bahia. Segundo a Polícia Civil, a prisão foi realizada por investigadores da delegacia da cidade, durante ação conjunta com a Polícia Militar, na segunda-feira (29).

As equipes foram acionadas por prepostos do Conselho Tutelar. Conforme detalhou a delegada Lígia Nunes de Sá, a polícia ficou ciente de que a mulher havia acorrentado o seu filho em um móvel da casa e saiu para consumir bebida alcoólica.

Quando a suspeita foi localizada pelos policiais, eles levaram ela até a residência e constataram a denúncia. A delegada disse ainda que além da restrição de locomoção, o menino estava sem se alimentar.

A equipe do Conselho Tutelar informou que já havia recebido outras denúncias de maus-tratos. A mulher, que está à disposição da Justiça, bem como a vítima, passaram por exame de corpo de delito. O adolescente receberá acompanhamento médico e psicológico.