Empresário é preso suspeito de queimar homem em situação de rua no sul da Bahia; vítima morreu

244

- Publicidade -

Um empresário foi preso nesta quarta-feira (31) suspeito de atear fogo e matar um homem em situação de rua na cidade de Ilhéus, no sul da Bahia. Câmeras de segurança registraram a ação que ocorreu em 25 de janeiro deste ano. [Assista acima]

De acordo com a Polícia Civil de Ilhéus, as investigações apontam que o crime foi por motivo fútil, com requintes de crueldade, mediante uso de fogo e sem qualquer chance de defesa da vítima, que domia no momento da ação. Rodrigo Souza Santana, de 44 anos, foi queimado porque teria roubado uma peça de caminhão do estabelecimendo do suspeito.

Imagem do momento em que empresário chega a galpão em Ilhéus, no sul da Bahia — Foto: Reprodução/TV Santa Cruz

Imagem do momento em que empresário chega a galpão em Ilhéus, no sul da Bahia — Foto: Reprodução/TV Santa Cruz

As imagens das câmeras de segurança mostram quando, por volta das 6h40 do dia 25 de janeiro, o suspeito chega de carro, com um galão na mão, e entra em um galpão abandonado de uma antiga concessionária, na Avenida Itabuna. Segundo a polícia, havia material inflamável dentro do galão e a suspeita é de que o combustível usado foi gasolina.

Em seguida, as imagens já mostram a vítima saindo correndo do galpão, com o corpo em chamas. Rodrigo Souza foi socorrido para o Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus, mas precisou ser transferido para o Hospital Geral do Estado, em Salvador. No entanto, no dia 2 de fevereiro, o homem não resistiu as sequelas das queimaduras.

Imagem da parte interna do galpão onde suspeito teria ateado fogo no corpo de homem em situação de rua em Ilhéus, no sul da Bahia — Foto: Redes Sociais

Imagem da parte interna do galpão onde suspeito teria ateado fogo no corpo de homem em situação de rua em Ilhéus, no sul da Bahia — Foto: Redes Sociais