Boliviana é presa por tráfico após esconder cocaína em batatas falsas no sudoeste da Bahia.

438

- Publicidade -

Uma mulher de 37 anos, natural da Bolívia, foi presa ao ser flagrada em um ônibus, com três quilos de cocaína escondidos em cápsulas que simulavam ser batatas. O caso aconteceu na noite de quarta-feira (17), quando o veículo passava por um trecho da BR-116, em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia.

Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) faziam blitz na altura do km 830 da rodovia e pararam o coletivo para fiscalização. A linha seguia da cidade de São Paulo com destino a Maceió, capital de Alagoas.

Segundo a corporação, a mulher demonstrou nervosismo durante a abordagem e deu informações desencontradas sobre o motivo da viagem. Ela informou que, além da bagagem pessoal, transportava também um saco com batatas.

Os policiais, então, decidiram verificar o bagageiro externo do veículo e viram centenas de cápsulas que tinham formato e aparência do vegetal. Os agentes abriram o material e encontraram um pó branco, que comprovou ser cocaína depois de testes.

Batatas falsas foram apreendidas no bagageiro do ônibus em Vitória da Conquista — Foto: Divulgação/PRF
A mulher admitiu que recebeu a droga em Corumbá, no Mato Grosso do Sul, e receberia US$ 500 para entregar o entorpecente em Feira de Santana, cidade a cerca de 100 quilômetros de Salvador.

Ela foi levada para o Distrito Integrado de Segurança de Vitória da Conquista e autuada em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. A pena pode variar entre cinco e 15 anos de prisão. O nome da presa não foi divulgado.

Batatas falsas foram apreendidas no bagageiro do ônibus em Vitória da Conquista — Foto: Divulgação/PRF

Batatas falsas foram apreendidas no bagageiro do ônibus em Vitória da Conquista

G1 BA