Empresário Tadeu Milbratz ajuda população da Praia Comunidade Josuel a construir ponte .

2.923

- Publicidade -

Aconteceu  no dia 27/03, na Comunidade do Josuel  , municipio de Mucuri-BA, a entrega pelo empresário Tadeu Milbratz e sua esposa Marta,  de uma linda ponte que liga a Comunidade do Josuel até a praia.

(Foto) página facebook Marta Martinelli, durante evento de 17 anos do CN.

No vídeo, durante sua fala, a esposa e empresária Marta Martinelli fez o seguinte comentário. Tadeu é assim, quando ele fala, ele faz…

No video, mostra o empresário e vários amigos e moradores da Comunidade do Josuel participando do evento simbolico.

Tadeu tem este costume, por onde anda, deixa suas marcas e suas ações. Os moradores da Comunidade ficaram muito felizes e agradecidos pelo gesto nobre do empresário .

Orgulhoso, Gesuel mostra a praia que leva o seu nome (e alguns outros) – Foto: Marina Valle

 

Gesuel nasceu em uma família de pescadores, lá pelas bandas da antiga vila de Itaúnas – na década de 1960 a comunidade foi engolida pelas dunas e acabou reconstruída na outra margem do Rio Itaúnas. Quando tinha por volta de 20 anos, Gesuel rumou para o norte atrás da pesca e se instalou nesse trecho de litoral deserto, de areia fina e clara e mar de ondas brandas. Deságua nele um sinuoso riacho de águas escuras, que atravessa a restinga e o mangue. Devido ao difícil acesso, a praia é pouco habitada e conseguiu se manter preservada. No rio ainda existem tainhas, robalos, carapebas, siris e caranguejos.

 Imagem

Riacho que corta a Praia do Gesuel, na Costa Dourada – Foto: Marina Valle

Apesar do bom estado da Praia do Gesuel, a região do entorno sofreu uma notável transformação, após a chegada de gigantes da indústria da celulose. A vegetação ciliar que protegia os rios e a Mata Atlântica deram lugar a vastas plantações de eucaliptos. Muitos riachos secaram ou tiveram seu volume d’água reduzido.

Seu Gesuel viu tudo isso acontecer, nos 60 anos em que morou por ali. Durante esse período, teve quatro mulheres, criou mais de 20 filhos e “tomou todas” – como dizem os amigos. Foi por garrafas de bebida, aliás, que Gesuel trocou muitos dos lotes que possuía na praia. Fez também escambo de terras por comida. “Ele chegou a trocar lote por saco de feijão”, revela Valdemir, seu afilhado. “Chegou aqui primeiro e perdeu tudo”.

Mas o velho pescador parece pouco se importar com o que perdeu. Leva uma vida mansa e feliz, na casinha onde vive com sua quarta mulher, Maria. No fundo Gesuel sabe que, por mais que não tenha mais a posse dos terrenos, a praia que leva seu nome será sempre um pouquinho dele.

Fonte: Guia 4 rodas