Saúde zera fila de cirurgia de vesícula em Mucuri; mais de 130 procedimentos foram realizados

287

- Publicidade -

No último sábado, 2 de julho, a Prefeitura de Mucuri, por via da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com o Hospital São José de Itabatã, realizou mais 10 cirurgias de vesícula por videolaparoscopia, que é mínimamente invasiva, utilizando métodos moderno de alta tecnologia.

Estas intervenções cirúrgicas por vídeo se somam às dezenas de cirurgias, que já foram realizadas pelo Governo Municipal, já ultrapassam 130 procedimentos, desde a sua implantação, em julho do ano passado.

De acordo com o secretário Municipal de Saúde de Mucuri, o farmacêutico bioquímico Fernando Jardim, quando foi iniciado o programa para estes procedimentos, havia uma demanda reprimida muito grande e as cirurgias eram realizadas nos moldes mais antigos, com corte no abdômen.

A cirurgia de pedra na vesícula pode ser feita de duas formas

Cirurgia com corte (cirurgia aberta) :é feita por meio de um corte maior no abdômen, por onde a vesícula é retirada. Nesse caso, a recuperação pode ser mais demorada e o paciente ficará com uma cicatriz visível na região.

Cirurgia por laparoscopia (por vídeo): nesse procedimento, o paciente recebe três furos em seu abdômen. O médico vai usar esses orifícios para passar o material e uma pequena câmera. Assim, há menos manipulação e menos cortes. Esse tipo de cirurgia apresenta uma recuperação mais rápida, com menos dor e uma cicatriz menor também.

“A implantação deste programa de novas especialidades dentro do serviço de saúde de Mucuri – incluindo as cirurgias de retirada de pedra na vesícula por videolaparoscopia -, 100% com recursos próprios do município, foi uma missão dada pelo prefeito Robertinho, que diante da evidente necessidade resolveu priorizá-las. Sabemos o quanto estes pacientes sofrem com as dores e pela ausência do poder público e resolvemos priorizar esta demanda, levando mais qualidade de vida aos cidadãos mucurienses, principalmente aos que não podem pagar por este procedimento, que chega a custar, em clínicas particulares, de R$ 5 mil a R$ 20 mil reais”, lembrou o secretário de Saúde, Fernando Jardim.

PREFEITURA DE MUCURI