Prefeitura de Mucuri executa obras de requalificação e implanta calçadas com acessibilidade na Avenida ES em Itabatã.

306

- Publicidade -

A Prefeitura de Mucuri tem avançado bastante com as obras de qualificação da Avenida Espírito Santo, por toda extensão da lateral da BR-101, no distrito de Itabatã. A Avenida Espírito Santo tem três quilômetros de extensão em área habitada e todos os seus 1.760 metros de calçamento está sendo recuperado, retirando todo bloquete danificado, despedaçado, triturado pelo desgaste do tempo e substituindo com os novos blocos sextavados.

A Espírito Santo é a mais longa avenida do município de Mucuri com 1.760 metros de extensa pavimentação e com mão dupla. Os outros 1.240 metros ainda sem pavimentação estão recebendo obras de drenagem das águas pluviais por meio da implantação de manilhas ou aduelas de concreto para a retenção e direcionamento das águas das chuvas e, também haverá ampliação do seu calçamento.

Atualmente a Prefeitura de Mucuri está executando ao longo da Avenida Espírito Santo, as obras das calçadas com todos os seus preceitos exigidos de mobilidade urbana. Conforme o prefeito Roberto Carlos Figueiredo Costa, o “Robertinho” (UB), toda e qualquer obra do seu governo é adaptada a acessibilidade. “As pessoas com mobilidade reduzida precisam ter condições de circular tranquilamente por uma cidade ou por qualquer outro local. Por isso, as calçadas com acessibilidade são fundamentais para que esse deslocamento seja feito de forma segura, garantindo o direito de circulação”.

Acrescentou o prefeito: “O objetivo principal da calçada com acessibilidade é possibilitar o acesso de pessoas com deficiência a determinados locais públicos e privados, de forma segura e autônoma. Talvez você esteja acostumado a vê-las nos arredores de bancos ou prédios públicos, no entanto, é necessário que mais locais estejam adaptados para receber esse público, possibilitando a locomoção de forma completa pela cidade, especialmente nos logradouros públicos”, destacou Robertinho.

Conforme ainda o prefeito, o objetivo é resgatar o local como ponto de visitação e contribuir para o plano de requalificação da região central de Itabatã. Segundo Robertinho, para esse e demais passeios públicos da área de intervenção, o município implantará piso de concreto e devidamente sinalizado para proporcionar caminhos mais seguros à população. Esta ação levará em consideração a acessibilidade e o patrimônio histórico. Todas as guias estão sendo feitas de granito e que remetem a uma Itabatã que vive um novo tempo, tanto que nas esquinas e em pontos estratégicos, elas serão rebaixadas para ampliar a acessibilidade a qualquer cidadão.

O calçamento da Avenida Espírito Santo, tem 27 anos de implantado, ele foi construído em 1995, na primeira gestão do prefeito Robertinho, que nesta sua terceira gestão, volta a recuperar o calçamento que construiu a quase três décadas, preparando a via pública para receber o asfalto posteriormente e também está executando atualmente ações de revitalização do seu paisagismo as margens da BR-101, melhorando a trafegabilidade urbana e a qualidade de vida da população de Itabatã.

O secretário Municipal de Obras, Planejamento e Serviços Urbanos de Mucuri, o engenheiro civil Victor Augusto Souza Santos, explica que no local o município está fazendo a repavimentação que já estava com bloquetes soltos e afundamentos que atrapalhavam a locomoção. A base está sendo refeita com material mais forte e resistente e o piso compactado para a colocação dos bloquetes. A requalificação vai proporcionar melhor tráfego de motoristas, pedestres e, principalmente, para os ciclistas.

Além das obras de recuperação da pavimentação da Avenida Espírito Santo, onde o município está promovendo um investimento na ordem de R$ 3.648.770,43 com recursos próprios –, a Prefeitura Municipal de Mucuri, executa também outras ações de infraestrutura no distrito de Itabatã, recuperando vários trechos do calçamento em seus bairros, instalando caixas secas em pontos estratégicos, recuperando pontos de drenagem, nivelando ruas e substituindo bloquetes em vários pontos do calçamento do distrito, especialmente em ruas onde o asfalto vai passar.

Na mesma Avenida Espírito Santo, já na zona norte do distrito de Itabatã, a Prefeitura de Mucuri avança com as obras de drenagem das águas pluviais por meio da implantação de manilhas ou aduelas de concreto para a retenção e direcionamento das águas das chuvas. As obras de drenagem têm o objetivo de direcionar as águas pluviais que descem do centro comercial e dos bairros Gazinelândia, Triângulo Leal e vários outros pontos urbanos, melhorando a qualidade de vida das famílias, promovendo o aumento da segurança, diminuindo o mau cheiro e reduzindo a incidência de insetos e animais peçonhentos.

O engenheiro civil Silvestre Costa, da Auto Via Engenharia, empresa responsável pela obra, informou que somente o sistema de macrodrenagem em implantação na Avenida Espírito Santo, em Itabatã, que servirá de rede coletora de vários outros pontos, mede 2.100 metros de extensão. A obra também está sendo realizada com recursos próprios do município de Mucuri, cujo investimento é na ordem de R$ 1.793.769,84. As ações coordenadas pela Secretaria Municipal de Obras, Planejamento e Serviços Urbanos seguem na sua continuidade dentro do cronograma.

PREFEITURA DE MUCURI