Polícia Federal cumpre mandados de prisão preventiva em operação contra fraudes ao INSS, na Bahia.

392

- Publicidade -

Três pessoas foram detidas por mandados de prisão preventiva nesta quarta-feira (24), durante a terceira fase da Operação Heterônimo. A ação da Polícia Federal combate fraudes em benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Os mandados foram cumpridos nas cidades de Camaçari e Dias D’Ávila, cidades da Região Metropolitana de Salvador. Em junho de 2021, duas pessoas foram presas em flagrante, dentro de uma agência bancária, tentando sacar cerca de R$ 30 mil, de um benefício fraudulento.

De acordo com a PF, as investigações apontam que os fraudadores agem com a criação de segurados fictícios, usando documentação falsa, e depois colocam idosos como “dublês”, para obter as vantagens indevidas.

Os envolvidos responderão por associação criminosa, estelionato previdenciário, falsificação de documento público e uso de documento falso.

G1 BA