Homem é levado para unidade de saúde mental após fazer madrasta refém, durante surto psicótico

270

- Publicidade -

Um homem foi encaminhado para uma unidade de saúde mental após fazer a madrasta refém, no bairro da Pituba, em Salvador, durante um surto psicótico. Ele estava armado, mas a vítima não teve ferimentos. O caso aconteceu na madrugada desta quarta-feira (5).

 

A situação foi descoberta depois que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para atender o homem. Ao chegar no local, os profissionais da saúde encontraram o paciente armado e mantendo a mulher em cárcere.

Os profissionais de saúde então chamaram a Polícia Militar, que isolou o local e fez a negociação com o homem. A PM detalhou que ele aparentava estar em estado de confusão mental, e falava frases desconexas.

O homem foi contido e a madrasta foi libertada. A pistola usada por ele estava sem munições. De acordo com a polícia, ele informou ter comprado a arma “de um traficante”. Um par de algemas também foi apreendido.

O nome do homem não foi divulgado por causa da Lei de Abuso de Autoridade. Ele foi levado para a unidade de saúde mental sob escolta. A arma foi encaminhada à Central de Flagrantes para o registro da ocorrência.

G1 BA