Duas mulheres são presas suspeitas de envolvimento na morte de motorista de transporte por app, em Salvador.

652

- Publicidade -

Duas mulheres tiveram mandados de prisão preventiva cumpridos na manhã desta sexta-feira (11). Elas são suspeitas de envolvimento na morte do motorista de transporte por app, Jorge Alberto Albuquerque Carvalho, de 49 anos, em Salvador.

 

O crime aconteceu na noite da última sexta-feira (4), no bairro de Itapuã. Jorge trabalhava no momento em que sofreu uma tentativa de assalto por um casal durante uma corrida. Ele foi baleado na cabeça, chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada do sábado (5).

A Polícia Civil não divulgou o nome das duas mulheres. Elas foram encontradas na Delegacia de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador, onde já estavam presas por terem praticado crime de roubo.

A delegada Zaira Pimentel, que lidera as investigações, disse que o foco da dupla é roubar veículo e falou sobre como elas agiaram no esquema que terminou com a morte da vítima.

“Uma delas servia de motorista e a outra participava ativamente da ação delituosa. Elas foram conduzidas no dia 5 para a delegacia de Lauro de Freitas. De posse dessas informações, que foram trazidas pelos investigadores e pelo delegado, nós solicitamos ao judiciário a prisão temporária delas”.

Com o mandado de prisão cumprido, elas deverão ser levadas para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A polícia informou ainda que faz uma operação em três bairros da capital, para encontrar outros envolvidos no crime.

Na ação, um homem suspeito de ter cometido um homicídio na Boca do Rio também foi levado para o DHPP. A polícia não informou se os crimes têm ligação.

Jorge Alberto Albuquerque Carvalho tinha 49 anos e foi baleado na cabeça enquanto trabalhava — Foto: Reprodução / TV Bahia
Jorge Alberto Albuquerque Carvalho tinha 49 anos e foi baleado na cabeça enquanto trabalhava

G1 BA