Criminosos fingem trabalhar nas Obras Sociais Irmã Dulce e cobram por consultas e exames gratuitos na BA; instituição faz alerta.

425

- Publicidade -

As Obras Sociais Irmãs Dulce (OSID) informaram, através das redes sociais, que criminosos têm se passado por funcionários e cobrado por consultas e exames gratuitos, que são realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Por causa disso, a instituição fez um alerta e pediu que as vítimas denunciem os casos.

 

De acordo com comunicado publicado pela OSID, os golpistas ligam para familiares de pacientes da instituição e utilizam os nomes de médicos ou de outros colaboradores. Na ligação, os criminosos pedem dinheiro para que consultas, exames e demais procedimentos sejam realizados.

De acordo com as Obras Sociais Irmã Dulce, o golpe foi identificado em diversas cidades da Bahia, no entanto, a quantidade de municípios não foi detalhada.

Instituição fez alerta nas redes sociais — Foto: Reprodução/TV Bahia

A OSID passa por uma grave crise financeira e pede ajuda para evitar o fechamento de unidade na Bahia. Em 4 de março deste ano, funcionários da que administram um complexo hospitalar com atendimento 100% gratuito em Salvador, realizaram um “abraço” simbólico em frente à sede da instituição, na Cidade Baixa.

O ato foi um apelo à população, entidades e outras organizações para auxiliar a OSID a sanar a grave crise financeira que pode forçar o fechamento da unidade.

Com um déficit de quase R$ 24 milhões, que podem ser acrescidos de outros R$ 20 milhões até o final do ano, o complexo pode fechar as portas caso não consiga resolver a situação.

Funcionários e voluntários dão abraço simbólico na sede da OSID, em Salvador; instituição enfrenta grave crise financeira — Foto: Divulgação/OSID

Já no dia 18 de abril, a OSID lançou a campanha “Um Milhão de Amigos Para Santa Dulce”. A iniciativa conta com a participação de diversos artistas baianos, como Ivete Sangalo e Margareth Menezes, e tem como objetivo convidar toda a sociedade a contribuir mensalmente com a manutenção do trabalho social prestado pela instituição.

Para fazer doações para a campanha é preciso acessar o site: 1milhaodeamigossantadulce.org.brAs doação são a partir de R$ 10. A campanha foi lançada com uma entrevista coletiva com a participação da superintendente da OSID, Maria Rita Pontes, e dos cantores Margareth Menezes, Tuca Fernandes, Ricardo Chaves e Alexandre Leão.

Obras Sociais Irmã Dulce lançam campanha com Ivete, Margareth Menezes e outros artistas — Foto: Divulgação/OSID

Fundadas em 1959, a OSID se consolidou como um símbolo do trabalho de Irmã Dulce que em 2019 se tornou a primeira santa brasileira.

O trabalho iniciado em uma pequena área onde funcionava um galinheiro, hoje atende a milhares de pessoas de baixa renda, com serviços em áreas como saúde e educação, e ainda contribui para a preservação e difusão da memória de Irmã Dulce.

G1  BA